Relatório de produção acadêmica da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar)
Departamento de Psicologia (DPsi)

Centro de Educação e Ciências Humanas (CECH)
Campus São Carlos

Plataforma Lattes / outubro de 2020

Zilda Aparecida Pereira Del Prette

Zilda Aparecida Pereira Del Prette possui graduação em Psicologia pela Universidade Estadual de Londrina (1978), mestrado em Psicologia (Psicologia Social) pela Universidade Federal da Paraíba (1983), doutorado em Psicologia (Psicologia Experimental) pela Universidade de São Paulo (1990) e pós-doutorado em Psicologia das Habilidades Sociais na Universidade da Califórnia (2002). Atualmente é pesquisadora nível IA do CNPq e Professora Titular da Universidade Federal de São Carlos, vinculada ao Programas de Pós-Graduação em Psicologia da Universidade Federal de São Carlos (PPGPsi) e ao Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia sobre Comportamento, Cognição e Ensino (INCT-ECCE) e coordenadora de GT sobre Habilidades Sociais na Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Psicologia (ANPEPP). Tem experiência em Relações Interpessoais, atuando principalmente nos seguintes temas: habilidades sociais, competência social, assertividade, educação escolar, formação de professores e desenvolvimento interpessoal/socioemocional. Publicou 163 artigos em periódicos especializados (tendo mais 10 no prelo), 439 trabalhos em anais de eventos, 72 capítulos de livros, 29 livros publicados (sendo 17 livros autorais, dos quais 05 manuais de testes e 12 como organizadora). Produziu softwares, vídeos e outros instrucionais. Orientou 22 dissertações de mestrado, 21 teses de doutorado, 06 pós-doutorado. Orientou também 62 projetos de iniciação científica e 27 monografias de conclusão de curso nas áreas de psicologia e educação. (Texto informado pelo autor)

  • http://lattes.cnpq.br/8113238388739093 (05/10/2020)
  • Rótulo/Grupo:
  • Bolsa CNPq: Nível 1A
  • Período de análise: 2016-2020&2020-2020&1994-2011
  • Endereço: Universidade Federal de São Carlos, Centro de Ciências Humanas C E C H, Departamento de Psicologia. Via Washington Luiz km 235 - Laboratório de Interação Social (LIS) Monjolinho 13565905 - São Carlos, SP - Brasil - Caixa-postal: 676 Telefone: (16) 33518361 Ramal: 8361 Fax: (16) 33518361 URL da Homepage: www.rihs.ufscar.br
  • Grande área: Ciências Humanas
  • Área: Psicologia
  • Citações: Google Acadêmico

Produção bibliográfica

Produção técnica

Produção artística

Orientações em andamento

Supervisões e orientações concluídas

Projetos de pesquisa

Prêmios e títulos

Participação em eventos

Organização de eventos

Lista de colaborações


Produção bibliográfica

Produção técnica

Produção artística

Orientações em andamento

Supervisões e orientações concluídas

Projetos de pesquisa

  • Total de projetos de pesquisa (14)
    1. 2018-Atual. Habilidades sociais e competencia social: Estudos de avaliacao, intervencao e disseminacao
      Descrição: A proposta atual dá continuidade ao programa de pesquisas da proponente ao longo dos últimos anos, agora com maior ênfase nos estudos que envolvem disseminação de programas de Habilidades Sociais/Competência Social, com aperfeiçoamento dos instrumentos de avaliação de resultados, de processo e de acompanhamento dessas intervenções. O programa prevê também a formação específica de pesquisadores e profissionais no campo das habilidades sociais sem desconsiderar as questões mais amplas próprias da Psicologia em sua atualização na sociedade moderna. Em termos mais específicos, a proposta contempla três conjuntos de projetos: (A) Projeto amplo coordenado pela proponente, envolvendo outros pesquisadores, intitulado: Educação à Distância: Articulando a promoção de habilidades sociais educativas do professor ao desenvolvimento socioemocional dos alunos na escola, recentemente contemplado no Edital Universal (Processo no. 405658/2016-8), com subprojetos (ver resumos adiante); (B) Projetos em andamento articulados ao projeto amplo; (C) Outros projetos em andamento. O projeto amplo é apresentado em detalhe e os demais projetos como resumo. Todos possuem métodos específicos, de acordo com os objetivos pretendidos e as condições de coleta, buscando-se aprimorar os processos de investigação e a qualidade das evidências produzidas nesses estudos. Tal como nas vigências anteriores, trata-se de um programa de pesquisa com divulgação dos resultados empíricos (livros, capítulos de livros, manuais técnicos, artigos, apresentações em eventos científicos etc.). Palavras-Chave: Habilidades sociais, Competência Social, Formação Continuada de Professores, Disseminação de conhecimento, Avaliação de Habilidades Sociais, Construção de instrumentos de avaliação de habilidades sociais.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (3) / Doutorado: (5) . Integrantes: Zilda Aparecida Pereira Del Prette - Coordenador / Talita Pereira Dias - Integrante / Sheila Giardini Murta - Integrante / Camila Negreiros Comodo - Integrante / Almir Del Prette - Integrante / Bruno Luiz Avelino Cardoso - Integrante / Juliana Pinto dos Santos - Integrante / Beatriz Jabor Botura - Integrante / Naara Alho - Integrante / Franciele Del Ponti - Integrante / Amanda Del Grecco Santana Simões - Integrante. Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
      Membro: Zilda Aparecida Pereira Del Prette.
    2. 2017-Atual. Educacao a Distancia: Articulando a promocao de habilidades sociais educativas do professor ao desenvolvimento socioemocional dos alunos na escola
      Descrição: Este projeto, conceitualmente embasado no campo teórico-prático das Habilidades Sociais, tem como objetivos: organizar, conduzir e avaliar um Curso de Educação a Distância (EAD), HABILIDADES SOCIAIS NA ESCOLA, que coordena a formação do professor em Habilidades Sociais e Habilidades Sociais Educativas a um Programa de Desenvolvimento Sócio Emocional (PDSE) dos alunos na escola. Visa, ainda, produzir materiais permanentes para a replicação do programa em cursos de Licenciatura e Pedagogia. O projeto foi aprovado pela PROEX/UFSCar, SEAD/UFSCar e Comitê de Ética/CONEP. O Curso será ofertado para professores de escolas públicas de diferentes estados do Brasil (São Paulo, Minas Gerais, Rio Grande do Norte e Distrito Federal). Será adotado um delineamento experimental com grupo de controle: G1, 20 professores (e 6 alunos de cada) participarão em 2016-2017, e G2, 20 professores (e 6 alunos de cada) participarão a partir de 2018, mas inicialmente avaliados como grupo de controle. Os professores e os alunos serão avaliados antes, durante e após o curso, bem como em uma avaliação de acompanhamento de três meses depois que ele for concluído. O curso, estruturado em ambiente de EAD/Moodle, terá três módulos teórico-práticos: (1) PHS1: Introdução ao campo das habilidades sociais, com 36 horas; PHS2: Habilidades Sociais na Infância, com 34 horas; e PHSE: Habilidades Sociais Educativas, com 40 horas. E um quarto módulo de prática supervisionada para assessorar o professor na promoção do Desenvolvimento Socioemocional (PDSE), ao longo de cinco meses na escola (120 horas). O projeto é orientado por uma matriz lógica que relaciona necessidades, premissas, objetivos, recursos, atividades, indicadores de resultados e meios de avaliação. Para as avaliações serão utilizados instrumentos validados, diários de campo, entrevistas, registros de observação direta e registros de vídeo. Estão sendo construídos e/ou adaptados diferentes materiais didáticos, histórias educativas, folhetos, jogos, música, vinhetas de vídeo, ilustrações, animações, livros e assim por diante. As avaliações de resultados e de processo serão objeto de análise qualitativa e quantitativa, convertidas em produtos de apresentações em eventos científicos, artigos, capítulos de livros, produtos permanentes (aulas em vídeo, materiais impressos e multimídia), e também em uma proposta técnica para a sua replicação mais geral no sistema escolar. A equipe de pesquisa assumirá as tarefas de preparação de aulas, realização e/ou monitoramento avaliações e monitoramento/assessoria ao na escola. Todo o material do projeto e as avaliações serão hospedados em uma página web.#10;Processo 405658/2016-8, recursos financeiros 83.900,00, Bolsa Pq e Bolsa IC) Vigência 36 meses desde 29/06/2017. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (4) / Doutorado: (2) . Integrantes: Zilda Aparecida Pereira Del Prette - Coordenador / Talita Pereira Dias - Integrante / Camila Negreiros Comodo - Integrante / Almir Del Prette - Integrante / Juliana Pinto dos Santos - Integrante / Beatriz Jabor Botura - Integrante / Naara Alho - Integrante / Amanda Del Grecco Santana Simões - Integrante. Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro. Número de produções C, T A: 24
      Membro: Zilda Aparecida Pereira Del Prette.
    3. 2010-2017. Avaliacao e promocao de habilidades sociais: Novos estudos e produtos para a pesquisa e a pratica
      Descrição: Retoma-se, parcialmente, questões abordadas no triênio anterior e novas questões que organizados sob dois eixos principais: um de avaliação e outro de promoção de habilidades sociais. Os dois eixos apresentam, em comum, a preocupação metodológica com validade e confiabilidade, tanto na avaliação (propriedades psicométricas, referência normativa) como na promoção de habilidades sociais (validade interna dos procedimentos, validade social, confiabilidade e significância dos resultados). O eixo avaliação inclui projetos voltados para: (a) revalidação do IHS-Del-Prette (Del Prette Del Prette, 2001), com ampliação das normas de referência para diferentes faixas etárias e revisão das propriedades psicométricas desse instrumento; (b) construção de versão resumida do IHS-Del-Prette para rastreamento de fobia social e verificação de suas propriedades psicométricas; (c) construção, validação e normatização de uma versão especificamente destinada a pessoas acima de 60 anos (IHSI-Del-Prette); (d) novos estudos sobre relações entre habilidades sociais e variáveis sociodemográficas, aqui se incluindo estudos transculturais. Os métodos de coleta e tratamento de dados serão similares aos já utilizados na produção de outros instrumentos desta proponente, explorando-se adicionalmente avanços recentes da Psicometria em termos técnicas de análise de itens, análise fatorial confirmatória, modelagem com equações estruturais etc. No eixo promoção de habilidades sociais, considerando um conjunto de questões conceituais e metodológicas, bem como a necessidade de recursos, procedimentos e programas com evidências empíricas de efetividade, serão conduzidas pesquisas de intervenções com diferentes populações, contextos e problemas, sob delineamentos experimentais e quase-experimentais de grupo ou replicações de intervenções com sujeito único e com análises inferenciais pertinentes a cada projeto e alternativas de análise da validade interna, especialmente em termos de significância clínica e. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Integrantes: Zilda Aparecida Pereira Del Prette - Coordenador / Marina Bandeira - Integrante / Daniele Carolina Lopes - Integrante / Lucas Cordeiro de Freitas - Integrante / Talita Pereira Dias - Integrante / Fabián Oláz - Integrante / Sheila Giardini Murta - Integrante / Camila Negreiros Comodo - Integrante / Frank M. Gresham - Integrante / Almir Del Prette - Integrante / Josiane Rosa Campos - Integrante / Ana Carolina Braz - Integrante / Abramides, Dagma V. M. - Integrante / Ivana Gisel Casali - Integrante / Valeria Morán - Integrante / Freitas, Lucas Cordeiro - Integrante / Vanessa Barbosa Romera Leme - Integrante / Catarina Teixeira - Integrante / Camila de Sousa Pereira-Guizzo - Integrante / Anne Marie Germaine Victorine Fontaine - Integrante / COIMBRA, SUSANA - Integrante / DE SÁ, L. G., LUCAS - Integrante / Elisabeth Joan Barham - Integrante / DE LIMA ARGIMON, IRANI IRACEMA - Integrante / Francine N. F. R. Queluz - Integrante / Joyce Aguiar - Integrante / Joene Vieira Santos - Integrante. Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
      Membro: Zilda Aparecida Pereira Del Prette.
    4. 2007-2010. Questoes empiricas e desenvolvimento de tecnologia para avaliacao e promocao de habilidades sociais
      Descrição: Este projeto dá continuidade a um conjunto de estudos da proponente e da produção acadêmica do Grupo RIHS nas últimas décadas voltados para a elaboração e validação de instrumentos e procedimentos de avaliação de habilidades sociais e o aperfeiçoamento de programas de intervenção. Entende-se que o aperfeiçoamento da tecnologia de avaliação do repertório de habilidades sociais (com controle das variáveis que caracterizam diferentes amostras em termos de fatores pessoais/familiares e sociodemográficos associados) deve, na medida do possível, estar articulado ao desenvolvimento de condições para a promoção desse repertório. A presente proposta reúne quatro conjuntos de objetivos, apresentados a seguir, juntamente com a descrição dos materiais e métodos pertinentes a cada um deles (1) Habilidades sociais na infância: Estudos com o IMHSC e o SSRS e habilidades sociais educativas, com objetivos de: (a) identificar propriedades psicométricas do IMHSC-Del-Prette em amostra ampliada de auto-avaliação por crianças de 7 a 12 anos (1ª. a 4ª. séries do Ensino Fundamental); (b) analisar atribuições do professor sobre a importância das reações habilidosas e adequação das reações habilidosas e não habilidosas (passivas e ativas) avaliadas por meio do IMHSC-Del-Prette; (c) identificar relações entre o repertório de habilidades sociais e características desenvolvimentais (dificuldades de aprendizagem, problemas de comportamento, outras necessidades educativas especiais) e sociodemográficas (idade, sexo, condição socioeconômica) dos respondentes; (d) elaborar Manual para aplicação, apuração e interpretação do Sistema de Avaliação de Habilidades Sociais, em português; (e) elaborar e testar um Protocolo de Observação das Categorias de Habilidades Sociais Educativas para pais e professores; (f) caracterizar habilidades sociais educativas de pais e professores, em situação natural ou estruturada; (2) Avaliação de programas de habilidades sociais: Validade interna e externa, com objetivo. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (4) / Doutorado: (2) . Integrantes: Zilda Aparecida Pereira Del Prette - Coordenador. Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.Número de orientações: 8
      Membro: Zilda Aparecida Pereira Del Prette.
    5. 2004-2006. Habilidades sociais em criancas: Desenvolvendo instrumentos de avaliacao e investigando variaveis relacionadas
      Descrição: Parte do projeto anterior, apoiado com Auxílio Financeiro pelo CNPq (Processo 403224/2003-9). RESUMO. A importância das habilidades sociais para a saúde psicológica, o ajustamento psicossocial, o sucesso acadêmico e profissional justificam o crescente interesse por essa temática no Brasil. No entanto, não se dispõe, ainda, de instrumentos testados e padronizados em nosso meio, para a avaliação do repertório social de crianças nem de programas estruturados de intervenção, especialmente para a prevenção e à solução de problemas de relacionamento e seus correlatos. Além de prover normas de referência, a avaliação de habilidades sociais, com controle de variáveis como características sócio-demográficas, pessoais/familiares e culturais, permite investigar fatores associados ao repertório de habilidades bem como necessidades específicas de intervenção. Essas questões fazem parte de um projeto temático mais amplo que dá continuidade ao programa de pesquisa do Grupo quot;Relações Interpessoais e Habilidades Sociaisquot;, agora voltado para a avaliação e promoção desse repertório em crianças, com objetivos previstos para um período maior de três anos. Parte desses objetivos, que serão encaminhados durante a vigência do presente Edital, visam: (1) Avaliar qualidades psicométricas do IMHSC-Del-Prette (Cadernos de Auto-avaliação) e estabelecer seus padrões normativos para a região sudeste/sul.; (2) Comparar resultados obtidos com as versões informatizada e impressa do IMHSC-Del-Prette; (3) Adaptar o Social Skills Rating System (SSRS) para o Brasil, verificando suas qualidades psicométricas em crianças brasileiras do ensino fundamental e estabelecendo seus padrões normativos para a região sudeste/sul; (4) Identificar relações entre o repertório de habilidades sociais e características de escolares (dificuldades de aprendizagem, problemas de comportamento, outras necessidades educativas especiais e indicadores sócio-demográficos). Esses objetivos, organizados em subprojetos, envolvem p. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . Integrantes: Zilda Aparecida Pereira Del Prette - Coordenador / Almir Del Prette - Integrante. Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
      Membro: Zilda Aparecida Pereira Del Prette.
    6. 2003-2007. Avaliacao e promocao de habilidades sociais: Investigando questoes especificas e desenvolvendo tecnologia para a pesquisa e a pratica.
      Descrição: Projeto apoiado com Bolsa Pq-1B, Bolsas IC e Equipamentos pelo CNPq (Processos 501052/2003-8; 504660/2003-9; 401509/2004-4; 473535/2004-1; 473535/2004-1; 502049/2005-7). RESUMO. A importância das habilidades sociais para a saúde psicológica, o ajustamento psicossocial, o sucesso acadêmico e profissional justificam o crescente interesse por essa temática no Brasil. No entanto, não se dispõe, ainda, de instrumentos testados e padronizados em nosso meio, para a avaliação do repertório social de crianças nem de programas de intervenção, estruturados testados, para a prevenção e solução de problemas de relacionamento e seus correlatos. Além de prover normas de referência, a avaliação de habilidades sociais, com controle de características sócio-demográficas e outras variáveis pessoais/familiares e culturais, permite identificar fatores associados ao repertório de habilidades e necessidades específicas de intervenção. Este projeto temático dá continuidade ao programa de pesquisa (apoiado por diversas agências de fomento) do Grupo quot;Relações Interpessoais e Habilidades Sociaisquot;, da UFSCar e tem, no momento, os seguintes objetivos: (1) Aperfeiçoar o Inventário Multimídia de Habilidades Sociais para crianças (IMHSC-Del-Prette), finalizando o Sistema Gerenciador de Banco de Dados e a ajuda online bem como o Manual de aplicação, processamento e interpretação; (2) Avaliar as qualidades psicométricas do IMHSC-Del-Prette (Cadernos de Auto-avaliação e de Avaliação do Professor) e estabelecer seus padrões normativos para a região sudeste/sul.; (3) Adaptar o Social Skills Rating System (SSRS) para o Brasil, verificando suas qualidades psicométricas em crianças brasileiras do ensino fundamental e estabelecendo seus padrões normativos para a região Sudeste/Sul; (4) Identificar relações entre o repertório de habilidades sociais e características de escolares (dificuldades de aprendizagem, problemas de comportamento, outras necessidades educativas especiais e indicadores sócio-demográ. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (4) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (5) . Integrantes: Zilda Aparecida Pereira Del Prette - Coordenador / Marina Bandeira - Integrante / Miriam Bratfisch Villa - Integrante / Maura Glória de Freitas - Integrante / Simone de Oliveira Barreto - Integrante / Fábio Biasotto Feitosa - Integrante / Renata Cristina Molina de Luna - Integrante / Andrea Regina Rosin Pinola - Integrante / Juliana Pelinson Marques - Integrante / Giselli de Oliveira França - Integrante / Tatiani Moraes Botton - Integrante / Lucas Cordeiro de Freitas - Integrante / Bárbara Carvalho Ferreira - Integrante / Talita Pereira Dias - Integrante / Patrícia Almeida de Oliveira Gaudenci - Integrante / Thiago Magalhães Pereira de Souza - Integrante / Margarete Matesco Rocha - Integrante / Denise Ribeiro - Integrante / Mariana Sarro Pereira - Integrante / Almir Del Prette - Integrante / Edwiges Matos Silvares - Integrante / Ana Carolina Braz - Integrante / Adriana Augusto Raimundo de Aguiar - Integrante. Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Outra / Pro Reitoria de Extensão da Ufscar - Bolsa / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.Número de orientações: 13
      Membro: Zilda Aparecida Pereira Del Prette.
    7. 2003-2006. Habilidades sociais na escola: Desenvolvendo recursos instrucionais e programa de intervencao.
      Descrição: Projeto apoiado com Bolsa Pq-1D e Bolsas IC e PIBIC do CNPq (Processos 305277/2003-0 e 520988/95-7-RE). RESUMO. A literatura psicológica internacional apresenta amplas evidências de associação entre déficits do repertório social das crianças e problemas adaptativos nas fases iniciais do desenvolvimento, com desdobramentos negativos, que se traduzem, ao longo do ciclo vital, em inúmeros transtornos psicológicos tais como timidez, comportamentos anti-sociais e delitivos, depressão, uso de substâncias psicoativas, problemas conjugais etc. As pesquisas anteriores do grupo de pesquisa do autor e de outros estudos nacionais têm confirmado, também em nosso meio, a associação entre tais déficits e um conjunto de dificuldades adaptativas, especialmente problemas de comportamento e dificuldades de aprendizagem. Dentre os vários contextos sociais da criança, a escola é um espaço eminentemente social que pode ser utilizado para a promoção de habilidades sociais com vistas a um melhor ajustamento da criança e a prevenção de transtornos psicológicos. Entretanto, os estudos vêm apontando que essa premissa esbarra em um conjunto de desafios cuja superação implica em pesquisa empírica e tecnológica. Em nosso meio, eles se expressam sob a forma de algumas carências, tais como: (a) capacitação do professor para adicionar objetivos de desenvolvimento de habilidades sociais aos objetivos acadêmicos; (b) programas com procedimentos específicos para isso; (c) materiais instrucionais para esses objetivos adaptados para o uso nas escolas. Dadas as considerações anteriores, o presente projeto tem por objetivos: (1) Elaborar um Manual para Educadores enquanto material instrucional para programas de desenvolvimento sócio-emocional na escola, com orientações específicas a condução da metodologia vivencial em sala de aula, bem como para sua articulação com objetivos acadêmicos; (2) Testar a efetividade de um programa baseado na metodologia vivencial, com duração mínima de seis meses e periodic. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . Integrantes: Zilda Aparecida Pereira Del Prette - Integrante / Almir Del Prette - Coordenador. Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
      Membro: Zilda Aparecida Pereira Del Prette.
    8. 2002-2002. Prevencao de dificuldades de aprendizagem e da violencia: Desenvolvendo tecnologia para avaliacao e promocao de habilidades sociais
      Descrição: Projeto de Pós-Doutoramento apoiado com Bolsa de Pesquisa no Exterior pela FAPESP (Processo no. 02/00105-2). RESUMO. O presente projeto de pesquisa de pós-doutoramento no exterior, a ser realizado junto ao Grupo de Pesquisa do Dr. Frank Gresham, da Universidade da Califórnia em Riverside (UCR), se embasa em questões teórico-metodológicas ligadas à avaliação e promoção de habilidades sociais em contexto escolar, focalizando, especificamente sua importância como estratégia preventiva das dificuldades de aprendizagem e da violência. Considerando o atual estágio das pesquisas da autora e seu grupo RIHS - Relações Interpessoais e Habilidades Sociais - voltadas para a construção e aperfeiçoamento de instrumentos e procedimentos nessa área, tem-se como objetivos: a) Efetuar uma intensiva e extensiva revisão bibliográfica na área de habilidades sociais, dificuldades de aprendizagem e problemas de comportamento, visando especialmente a familiarização com produtos tecnológicos e aplicações desses conhecimentos em contexto escolar; b) Apresentar e discutir, junto ao Grupo da UCR, pesquisas de avaliação e promoção de habilidades sociais que vêm sendo conduzidas pelo Grupo de Pesquisa da autora no Brasil, especialmente o Inventário Multimídia de Habilidades Sociais para Crianças (IMHSC-Del-Prette), com vistas ao aperfeiçoamento da versão inicial, desenvolvida com o apoio da FAPESP; c) Planejar a continuidade do intercâmbio entre o Grupo da UCR e o Grupo RIHS, a iniciar-se com a elaboração de um projeto de tradução e adaptação do Social Skills Rating System (Gresham e Elliott, 1990) para o Brasil; d) Produzir um artigo de divulgação em periódico contemplando questões pertinentes a este projeto.. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . Integrantes: Zilda Aparecida Pereira Del Prette - Coordenador. Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa.
      Membro: Zilda Aparecida Pereira Del Prette.
    9. 2001-2003. Habilidades sociais, dificuldades de aprendizagem e escolarizacao: Desenvolvendo processos e produtos para a avaliacao e promocao da competencia social.
      Descrição: Projeto apoiado com Bolsa Pq-1B e Bolsas IC do CNPq (Processo 523913/96-6). RESUMO. Ao lado de uma ampla literatura que vem enfatizando o desenvolvimento socioemocional como correlato da aprendizagem acadêmica e como elemento indispensável da construção da cidadania e da preparação para a vida, pode-se identificar, especialmente em nosso meio, um interesse crescente por essa área e uma demanda por instrumentos de avaliação de habilidades sociais construídos e/ou apropriados às características culturais, bem como por materiais instrucionais adequados à promoção desse repertório. Considerando a gravidade dos problemas de fracasso escolar, há cerca de seis anos, a equipe deste trabalho vêm investindo em estudos empíricos e conceituais na área de habilidades sociais e dificuldades de aprendizagem, gerando conhecimentos empíricos divulgados em eventos e veículos nem sempre acessíveis ao professor e ao público em geral, juntamente com a análise e o aperfeiçoamento de vários instrumentos e procedimentos de avaliação e promoção de habilidades sociais, que não têm sido objeto de sistematização e divulgação. Entendendo-se que essa divulgação é também parte do compromisso do pesquisador com a socialização do conhecimento científico, este projeto articula, em quatro subprojetos, a finalização de produtos tecnológicos e bibliográficos para atender a essa demanda e a investigação de novos aspectos relacionados ao aperfeiçoamento e disponibilização de instrumentos de avaliação de habilidades sociais. Em síntese, os subprojetos visam: (1) Finalizar as análises psicométricas e o aperfeiçoamento da base física de um Inventário Multimídia de Avaliação de Habilidades Sociais em Crianças (IMHSC), iniciado em projetos anteriores, organizando um Manual de aplicação e avaliação do instrumento a ser disponibilizado juntamente com o CD-Rom; (2) Comparar os resultados produzidos por duas novas versões do IMHSC: uma informatizada para aplicação indi